Protesto em frente ao INSS de São Bernardo do Campo marca início do dia de lutas contra a Reforma da Previdência no Grande ABC.

 Aldo  Cidades  05/12/2017

 

Mesmo após a desistência das centrais pelegas (CUT / Força Sindical) em realizar uma grandiosa Greve Geral para barrar a Reforma da Previdência que deve ser votada nos próximos dias, o Comitê de Lutas do Grande ABC, a Intersindical, a Conlutas e a Frente Povo Sem Medo, deliberaram realizar ações para denunciar o peleguismo destas centrais e fortalecer o campo dos trabalhadores e trabalhadoras que serão os mais prejudicados caso tal reforma seja aprovada por Temer e seus aliados.
Diante disso, na manhã desta terça-feira, dia 05/12, em frente ao INSS de São Bernardo do Campo, foi realizado um ato para informar os trabalhadores os prejuízos da continuidade da aprovação das medidas que Temer e seus aliados têm conseguido aprovar e o desmonte dos direitos trabalhistas historicamente conquistados.


Por André  Sapanos-Mauá