PELA ABERTURA DO ENSINO MÉDIO NOTURNO NA ESCOLA ESTADUAL YOLANDA NORONHA.

 Aldo  Educação  11/01/2018


Professores, representantes da sociedade amigos do Bairro, Conselho tutelar e  APEOESP comparecem a diretoria de ensino SBC. Por várias vezes temos tratado da abertura do ensino médio regular e EJA na Escola Estadual Yolanda Noronha  junto a diretoria de ensino. O acordo da dirigente com o sindicato é que tendo demanda as classes seriam abertas. Infelizmente esse entendimento não vem sendo respeitado em várias unidades escolares o que vem motivando desentendimentos e falta de acolhimento aos alunos e ao corpo docente.
Indignados com a morosidade em relação a uma resposta sobre  a abertura ou não do perído noturno na Escola Estadual Yolanda Noronha, um grupo de professores,  representantes do sindicato, do conselho tutelar e da comunidade compareceram a referida diretoria de ensino na tentativa de obter um retorno para está demanda.  
No balcão  fomos informados que a dirigente estava em São Paulo numa reunião, e mesmo  assim,  a assessoria se prontificou a chamar a supervisora da unidade escolar e o   Sr. Antonio Carlos.
Do balcão, o Sr Antonio Carlos de forma ríspida disse que não tinha sido agendado e que ainda não tinha retorno de São Paulo. Solicitamos que o mesmo nos atendesse numa sala ou num espaço adequado juntamente com a supervisora. O mesmo  numa atitude intempestiva bateu em retirada e a supervisora acabou atendendo  após insistência dos presentes. A supervisora foi questionada sobre o parecer que deu contra a reabertura tendo por base um relatório do meio do ano. a mesma desconversou e afirmou  que fez um outro parecer, agora  favorável a reabertura e que  em breve  será comunicado  aos interessados.
 Além da abertura, percebemos que existe um hiato entre a direção, supervisão e professores desta unidade escolar. Ao final foi acordado que a supervisora vai dialogar com os professores (as) nesta sexta feira 12/01/2018, às 9:30 na unidade escolar. Esperamos que até lá a supervisora leve a resposta sobre a abertura ou não do ensino médio no período noturno. 
Dependendo do resultado, logo após a reunião da sexta feira faremos uma reunião e caso não tenhamos um retorno satisfatório, certamente iremos para a Secretaria Estadual de Educação expor as dificuldades encontradas  em  relação  a esta reivindicação pleiteada pelos  mais variados seguimentos  do bairro e da unidade escolar.
A Luta deve continuar em relação a esta e outras unidades escolares no Município, Estado e União.
SBC, 10/01/2018.
INFORME DA COORDENAÇÃO DA APEOESP-SBC