Moradores da Pós-balsa e Promotoria fazem reunião para buscar solução para a região.

 Aldo  Cidades  13/09/2017

 

Moradores da pós-balsa e vereadores fizeram reunião com a promotoria de justiça no dia 12 de setembro de2017 para tratar da situação dos moradores do Bairro Santa Cruz e adjacência.
A promotora de justiça Regina Célia Damasceno recebe vereadores e comissão de moradores para discutir a situação dos moradores pós-balsa onde foi esclarecido que o objetivo da reunião era a “criação e implementação de um projeto de educação ambiental na região do pós-balsa”.Essa reunião aconteceu depois de uma grande manifestação demoradores na câmara municipal de são Bernardo do campo, no dia 06 de setembro de 2017 que contou com aproximadamente 800 pessoas. 
O munícipe BABU falou na tribuna sobre o cercamento que a região vem sofrendo com as medidas do prefeito que tenta criminalizar os moradores da região de manancial. No documento assinado afirmam que: “Nesse particular, afirmam que o porto de areia é o maior devastador da região”. 
Os moradores concordam que em relação a educação ambiental, a preservação do meio ambiente, bem como a necessidade de se compatibilizar os interesses públicos com os interesses dos moradores da região.
No dia de hoje, mesmo diante de um forte aparato de membros da GCM,as lideranças afirmaram que estão aguardando a manifestação do prefeito que ficou de dar um retorno num prazo de quinze dias. BABU afirmou que os moradores estão mobilizados e que certamente outras manifestações poderão acontecer diante de uma negativa do prefeito Orlando Morando.
Finalmente, segundo ata da reunião, os presentes foram “informados sobre a existência de um novo inquérito civil nesta promotoria de justiça que visa fiscalizar a implementação da regularização fundiária da região”.
Reuniões estão acontecendo tanto na região como em todas as áreas de mananciais, pois com essas mediadas colocam em alerta das demais regiões deda cidade.
SBCampo, 13 de setembro de 2017.
Abcdaluta.